Venda de telemóveis desce mas não tanto como esperado

EmpresasNegócios

Já a Samsung perdeu a liderança do mercado total, mas mantém o primeiro lugar no segmento dos smartphones, com a gama Galaxy a ser um sucesso de vendas, em especial o Galaxy S II.
 
 

No último trimestre de 2011 foram vendidos em Portugal 1,3 milhões de telemóveis, uma queda face a 2010 de 17,4%. Os telefones tradicionais registaram 874 mil unidades vendidas, menos 25% que no ano anterior. Já os smartphones, registaram um incremento de 4%, com 435 mil unidades vendidas, com o lançamento do iPhone 4S a ter um impacto positivo no mercado ajudando ao bom desempenho nesta categoria. As vendas da Apple contribuíram para um crescimento dos smartphones. A época natalícia foi gerida com bastantes cautelas pelos operadores móveis, face aos maus resultados registados ao longo do ano de 2011, mas as expetativas foram superadas e os operadores viram mesmo alguns stocks entrarem em rutura, em especial os smartphones de baixa gama.
 
O mercado de telecomunicações sofreu uma queda abrupta classificada como a pior de sempre em Portugal. Em 2011 foram vendidas 5 milhões de unidades, menos 1 milhão que em 2010, uma queda de 17%. Crescimento apenas no segmento dos smartphones, 16,4% relativamente ao período homólogo com vendas anuais de 1,32 milhões de unidades.
A diminuição do poder de compra dos consumidores foi determinante para o abrandamento do mercado. Por outro lado, Portugal continua com uma taxa de penetração de telemóveis superior à média europeia, o que faz com que a substituição dos mesmos seja menos frequente.  
 
O estudo da IDC revela também que a Nokia foi líder de mercado no quarto trimestre, o que muito se deve à boa performance dos telefones tradicionais, designadamente os Dual-Sim, um tipo de telemóvel com cada vez maior procura em Portugal. Já a Samsung perdeu a liderança do mercado total, mas mantém o primeiro lugar no segmento dos smartphones, com a gama Galaxy a ser um sucesso de vendas, em especial o Galaxy S II.
 
 


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor