Vodafone renova programa “Praia Saudável”

Negócios

Por sua vez, a implementação de uma Virtual Private Network (VPN) facilita a comunicação entre os postos de praia, Capitanias de Porto, Instituto de Socorro a Náufragos, números de emergência, entre outros.
 
As condições para as pessoas com mobilidade condicionada também foram melhoradas, a

O protocolo de cooperação estabelecido entre a Fundação Vodafone Portugal, a Autoridade Marítima Nacional, a Agência Portuguesa do Ambiente, o Instituto Nacional para a Reabilitação e, por último, entre a Associação Bandeira Azul da Europa foi assinado no Museu da Marinha, em Lisboa. Este documento renova, assim, o programa “Praia Saudável” por mais cinco anos.
 
O programa abrange 155 zonas balneares de Portugal Continental e Regiões Autónomas, tendo como principal objetivo contribuir para o aumento da segurança e da qualidade do ambiente nas praias, bem como das acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida.
 
No domínio da segurança, foram disponibilizados equipamentos, como motas de salvamento marítimo, macas flutuantes ou torres de vigia. Por sua vez, a implementação de uma Virtual Private Network (VPN) facilita a comunicação entre os postos de praia, Capitanias de Porto, Instituto de Socorro a Náufragos, números de emergência, entre outros.
 
As condições para as pessoas com mobilidade condicionada também foram melhoradas, através da disponibilização de passadeiras especiais e de cadeiras de rodas anfíbias, na praia.
 
Finalmente, a aplicação “Praia Direto” dá-lhe a conhecer o risco de exposição solar ao longo do dia e, ainda, é capaz de fornecer dados relacionados com questões ambientais, segurança e acessibilidade das zonas balneares. 


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor