Refer Telecom investe 950 mil euros em serviços ´cloud´ para as PME

EmpresasNegócios

Nos casos em que não forem, a empresa encontrará uma solução à medida do cliente.

Já o diretor de coordenador de infraestruturas e operações da Refer Telecom, Pedro Gonçalves, destacou o serviço de 'data center virtual' (centro de dados virtual), que permite aos clientes o acesso a u

O 'cloud computing', ou nuvem de computação, é uma tecnologia que permite oferecer recursos de computação (ou seja, redes, servidores, armazenamento, aplicações e serviços) que estão alojados numa espécie de nuvem na Internet, o qual pode ser acedido em qualquer momento pelos utilizadores sem necessidade de recorrerem a especialistas informáticos.

A partir de hoje, a operadora de telecomunicações Refer Telecom passa a fornecer “serviços e soluções na área de 'cloud computing'”, utilizando a tecnologia da HP, representando um investimento “de cerca de 950 mil euros”, afirmou hoje, em conferência de imprensa, Eduardo Pinto, presidente da comissão executiva da empresa.

Esta solução é dirigida às pequenas e médias empresas (PME) e permite redução de custos nos departamentos informáticos.

“Detetámos uma oportunidade de crescer junto das pequenas e médias empresas”, afirmou Eduardo Pinto, acrescentando que a oferta deste tipo de tecnologia vai “permitir custos mais baratos”, com reduções de 22 por cento na área das tecnologias, pelo que a solução “ajusta-se” às PME.

Dentro de três a quatro anos, a Refer Telecom estima um volume de negócios na área de 'cloud computing' acima dos 650 mil euros.

Eduardo Pinto adiantou que a Refer Telecom está disponível para incluir o investimento inicial em 'hardware' dos clientes na 'cloud', desde que as infraestruturas sejam compatíveis. Nos casos em que não forem, a empresa encontrará uma solução à medida do cliente.

Já o diretor de coordenador de infraestruturas e operações da Refer Telecom, Pedro Gonçalves, destacou o serviço de 'data center virtual' (centro de dados virtual), que permite aos clientes o acesso a uma infraestrutura de alto desempenho.

Estes 'data centers', considerados de última geração, estão situados em Lisboa, Porto e Viseu.

“Há uma aposta muito significativa no 'data center virtual'”, afirmou Pedro Gonçalves, sublinhando que a solução “cloud computing” permite oferecer às empresas um serviço à sua medida sem nunca perder a gestão.

Este serviço, acrescentou Pedro Gonçalves, é dirigido ao mercado empresarial e é pós-pago e toda a sua oferta é alargada ao território nacional, logo os dados “são protegidos pela lei nacional”, o que é uma garantia para os clientes.

“A nossa nuvem é portuguesa” sublinhou Eduardo Pinto, acrescentando que numa primeira fase a empresa pretende consolidar “a experiência no mercado nacional” e eventualmente avançar para a internacionalização deste segmento de negócio dentro de dois a três anos.

No final da conferência, numa curta intervenção, o presidente do conselho de administração da Refer Telecom e administrador da Refer, Alberto Castanho Ribeiro, salientou que há quem aponte para “reduções de custos de 30 por cento em novas tecnologias informação” com a utilização da 'cloud computing'.

Este “é um passo significativo”, disse o executivo, dando como exemplo a possibilidade da solução ser utilizada pelo setor dos transportes públicos, já que se poderia incluir os diversos servidores das várias empresas numa “nuvem”, reduzindo assim substancialmente os custos.


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor