25 de Junho de 2014

Telefónica vai comprar E-Plus, assim que tiver luz verde

A operadora espanhola Telefónica, que quer fundir ao seu segmento alemão com a unidade E-Plus da holandesa KPN, acordou em vender parte da sua capacidade de rede à concorrente local Drillisch, uma jogada que objetiva a aquisição da aprovação do negócio por parte das entidades reguladoras. A Drillisch vai, assim, comprar um quinto da capacidade

UE e Estados Unidos vão assinar acordo de proteção de dados

O governo norte-americano vai sancionar uma lei que dará aos cidadãos da União Europeia o poder para abrirem processos legais nos Estados Unidos relativamente à apropriação e divulgação ilegítimas dos seus dados pessoais por parte de entidades americanas. No rescaldo da exposição de amplos programas de espionagem às mãos de agências de inteligência norte-americanas, as

Xbox One finalmente em Portugal

Nova consola da Microsoft foi apresentada esta quarta-feira, mas só vai estar à venda em território nacional a partir de 5 de setembro. Depois de terem passado quase sete meses desde o lançamento oficial a 22 de novembro, a Xbox One foi oficialmente introduzida em Portugal. Aliada a uma experiência online que já conta com mais

Oracle Portugal tem cloud como prioridade

A Oracle Portugal convocou a imprensa para fazer um balanço do seu ano fiscal de 2014 e apresentar as perspetivas para 2015. Cloud está no topo da lista de prioridades. Portugal não é exceção e, tal como acontece com a Oracle Corp., a sucursal nacional está a apostar forte na cloud. Classificada como segunda maior

Nova set-top box da Google: verdade ou mero rumor?

A Google deverá hoje revelar o seu novo descodificador de sinal televisivo, no decorrer da sua conferência I/O para programadores em São Francisco, na Califórnia. O dispositivo deverá assemelhar-se a aparelhos análogos, como o Roku, o Fire TV da Amazon e o Apple TV da tecnológica liderada por Tim Cook. De acordo com fontes do

KDDI aumenta preços para colmatar quebras nas receitas

A operadora wireless KDDI, a segunda maior do Japão, apresentou hoje os seus novos pacotes de telecomunicações, estratégia esta que intentará mitigar quebras nas receitas da empresa, mas que será causa do aumento dos preços para os clientes utilizadores de smartphones, numa altura em que as operadoras estão a perder território para aplicações que permitem