Malware afeta clientes de 45 empresas de retalho

Segurança

Um grupo de cibercriminosos, possivelmente da Ucrânia, roubou informação de cartões de pagamento de dezenas de lojas a partir de um malware apelidado “ChewBacca”. A informação foi avançada pela empresa de segurança RSA, um grupo criminoso utilizou um software malicioso personalizado com o nome “ChewBacca” para infetar 45 empresas de retalho e roubar os dados

Um grupo de cibercriminosos, possivelmente da Ucrânia, roubou informação de cartões de pagamento de dezenas de lojas a partir de um malware apelidado “ChewBacca”.

it_photo_92524

A informação foi avançada pela empresa de segurança RSA, um grupo criminoso utilizou um software malicioso personalizado com o nome “ChewBacca” para infetar 45 empresas de retalho e roubar os dados dos clientes dessas mesmas empresas.

Desde informação de cartões de débito e crédito, à exposição de dados pessoais dos clientes, tudo foi apropriado por este malware, que uma vez instalado, monitoriza a memória de processos que ocorram nos sistemas das empresas e faz uma pesquisa intensiva de informação de cartões de débito e crédito dos clientes.

Segundo o manager do laboratório de pesquisa da RSA na área do cibercrime, “trata-se de um keylogger, mas, aparte disso, está a afetar terminais POS (point-of-scale)”. “Descobrimos que o malware estava à procura de números de cartões de débitos e crédito”, completou.

O malware é semelhante àquele que foi usado por um jovem de 17 anos responsável por atacar e roubar a informação de 40 milhões de cartões de pagamento de clientes da Target e mais de um milhão de clientes da retalhista Neiman Marcus.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor