Partida de 1 de abril no Gmail enfurece utilizadores profissionais

MobilidadePortáteisSmartphones
0 0 Sem Comentários

A Google foi obrigada a suspender mais cedo a sua partida de 1 de abril no Gmail, depois de inúmeras queixas dos clientes que usam o serviço de email para fins profissionais.

Tal como é hábito todos os anos, a Google criou uma série de partidas e piadas nos seus vários serviços para assinalar o Dia das Mentiras. No Gmail, a ideia foi substituir a posição do botão “Enviar” pela opção “Enviar + MicDrop”, e muitos utilizadores caíram na partida. Resultado: enviaram um GIF dos Minions na resposta.

“Hoje, o Gmail está a tornar mais fácil ter a última palavra em qualquer email com o Mic Drop. Simplesmente responda a qualquer email usando o novo ‘Enviar + MicDrop’,” explicava a Google sobre a partida. Pior, toda a gente recebia o email, mas o utilizador que enviou não voltaria a receber resposta porque a partida também pôs estes emails sob o filtro “Ignorar.”

As queixas inundaram os fóruns de suporte do Gmail, porque muitos dos seus mil milhões de utilizadores usam esta ferramenta como email profissional.

Um utilizador estava lívido por ter perdido uma cliente, que ficou furiosa com a resposta, e vários outros queixaram-se de terem enviado Minions a contactos de negócio importantes. Uma vez que a partida colocou os emails em “Ignorar”, muitos nunca chegaram a perceber o que tinha acontecido à conversa até descobrirem a partida de 1 de abril. Num caso publicado no Twitter, uma funerária enviou um Minion na troca de emails com uma mãe que perdeu a filha.

A Google acabou por cancelar a partida e pedir desculpa. “Bem, parece que caímos na nossa própria partida 😟”, escreveu a empresa numa nota de desculpa, publicada no blogue onde a “funcionalidade” tinha sido anunciada ontem. “Devido a um bug, a funcionalidade MicDrop causou inadvertidamente mais dores de cabeça que gargalhadas”, admitiu a Google, pedindo desculpa e informando que a função foi desligada.

Curiosamente, desde que isso aconteceu alguns utilizadores foram ao fórum de suporte pedir o botão de volta, dizendo que os outros “não têm sentido de humor.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor